Recomenda | Animais Fantásticos e Onde Habitam

Cinema Publicado em 17/11/2016 por Glizia
Sem Comentários

O universo expandido de Harry Potter começa a criar forma. Depois de alguns livros escolares publicados pela Comic Relief e vários artigos no site Pottermore, finalmente chegou a hora de encontrarmos mais um filme no cinema.

Então antes de começar esse post preciso dizer que estou aqui com a minha varinha, esperando que o meu vira-tempo seja útil o suficiente para voltar no tempo e poder dormir o suficiente antes de ir trabalhar. Mas como conseguir até mesmo dormir depois de ver Animais Fantásticos e Onde Habitam?

O Universo Expandido

Então vamos por partes. Primeiro, a história que nos foi apresentada certamente cumpre com o que prometeu. Mas, com o tanto de artigos que foram lançados no Pottermore, eu achei que alguns temas seriam mais abordados no filme.A MACUSA, por exemplo, foi apenas citada por uma personagem. Porém foi citada da mesma forma que eu te falo que eu trabalho numa escola bilíngue. Se você não sabe o que que é, só aceita e continua.

Mas o que eu senti foi que ela deixou os dois textos, sobre a escola americana e sobre a MACUSA, como apoio para o filme. Meio como ” opa, não expliquei isso ali então vou jogar na internet.” Isso aconteceu com o livro de Donnie Darko, e uma coisa eu concordo com o Nerdcast sobre o segundo: “Se o diretor precisou publicar um texto para explicar sua obra, ou parte dela, então o filme não é bom”.

Os personagens são fantásticos (sem trocadilhos). Sério, eu sou muito suspeita para falar porque eu gosto muito de todos os personagens que o Eddie Redmayne já fez. Então é bem óbvio que com Newt Scarmander não seria diferente. A Pompetina Golstein é simplesmente maravilhosa, mas perde a cena para sua irmã, Queenie, vivida por Alison Sudol. Sério, se você não sair apaixonadinho(a) por ela e por Jacob será um em um milhão.

Agora, a única coisa que eu consegui ver de excelente nesse filme foram os efeitos gráficos. Sério. Os animais, as animações, está tudo tão lindo que nem consigo descrever. Sem contar que conhecemos um novo “animal” que parece que é o que vai ligar cada um dos filmes. Porém, ao mesmo tempo que eles se mostraram os peritos em efeitos visuais, eles pecaram muito com maquiagens que precisariam ser um pouco mais trabalhadas. Jhonny Depp albino, ao invés de loiro, foi o maior erro da maquiagem.

 Mas, para mim, Depp inteiro foi um erro na série. Tanto o ator, que só serviu para fazer caras e bocas, quanto o personagem que não foi nada bem utilizado. Grindelwald não é nada mais que o Lord Voldemort de Cursed Child. E calma, que eu citarei muito mais sobre A Criança Amaldiçoada nesse texto.

O ponto mais fraco do filme é a junção e toda a apresentação dos núcleos. Nós fomos apresentados a três núcleos: o dos trouxas, ou Não-Majs, o de Newt e o de Clarence. E nenhum deles tem uma junção boa. Nem mesmo a história mostra um porquê de todos esses personagens se juntarem. Temos cenas pesadíssimas com Kevin, digo, Clarence, e quando o corte acontece, somos transportados para uma cena cômica de Jacob.

O que percebemos é que ainda bem que J.K. teve muito mais contato com essa história do que com A Criança Amaldiçoada. A veracidade dela e as teorias que estão sendo criadas a partir disso só demonstram que, para que haja sempre continuações e uma expansão cada vez maior desse universo, J.K. Rowling precisa estar pelo menos noventa por cento envolvida. Ou tudo vira um Cursed Child novamente, com umas ideias muito sem sentido.

O que me decepcionou foi o fato de que eu saí do cinema sentindo a mesma coisa que senti ao ler Criança Amaldiçoada: eu me apaixonei pelos personagens e suas interações com a história e com os outros personagens. Mas odiei toda a história, os motivos para os personagens fazerem tudo. É aquela coisa, saímos amando Jacob e Scorpio, mas odiando todo o resto.

Também é muito claro que a teoria que Lufos são particularmente bons FINDERS. ( ok. Eu juro que me segurei pra não fazer nenhuma referência à A Very Potter Musical)


Animais Fantásticos e Onde Habitam – Trailer… por filmow

Título: Animais Fantásticos e Onde Habitam
  Diretor: David Yates
  Data de Lançamento: 17 de Novembro de 2016
  Idioma Original: Inglês
  Duração: 127 minutos
  Classificação Indicativa: 12 anos
  Nota IMDB: 8,3/10
  Nota Filmow: 4,5/5,0

Postagens relacionadas:

Oi gente... O site é aqui? Hehe'
Uma lista dos filmes de games que estão por vir
Cinema em dose dupla no CCBB de São Paulo
Dos estúdios Bad Robot, conheça Person of Interest
ERASED - Boku Dake ga Inai Machi

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Facebook