Lua Azul- Os Imortais

Literatura Publicado em 15/12/2012 por Glizia
Sem Comentários

Aqui estou eu depois de muito tempo de volta a postar resenhas no choconatos.  E por que não postar sobre o segundo livro da saga Os Imortais, de Alyson Noel?

Lua Azul tem todo um lindo sentido que infelizmente me lembra Crepúsculo toda vez que eu leio esse título, e pior que isso mentira, pior que isso é as variações de 50 tons de cinza, como 50 tons de frango. Sério, não dá. é que foi lnaçado na época de sucesso de Lua Nova. Tá, esse é um dos pontos negativos do livro.

Não vou falar ainda do enredo. Não, ainda me recuso a contar a história de Lua Azul. Alyson pisou na bola ao continuar a saga, e eu não digo isso só por Lua Azul, mas porque eu li quase a saga completa. É uma briguinha infantil, onde personagens aparecem e conseguem ser legais e mais chatos que a Ever, ou o Damen.

O Casal mor do livro virou uma coisa mais grudenta e melosa do que o casal mais grudento e meloso e essa sou eu usando a informalidade em uma resenha, well done Glízia que você conhece. Não feliz com isso, Heaven arranja um namorado, Josh, e arranja uma desculpinha para terminar com ele e correr atras de Ronan feito um cachorrinho de rua rodiando a comida mais gostosa do dia.

E quem diabos é Ronan? Dando um tequinho de spoiler, Ronan foi um dos meninos que Damen ajudou lá na Renascença de sua vida. Mas ele é aquele vilão chato pra caramba sim, tipo a Nina da novela das oito e ao mesmo tempo legal por seu jeito meio engraçado de lidar com a fúria mortal da principal.

Ever está mais chata do que nunca. Mentira. Eu recomendo ler a saga já que no quarto livro acontece um reviravolta violento e pelamordesantoDeus não sei como isso vai acabar mais. Mas ever tem aquela coisa de ” Ah como meu namorado é perfeito e não me conta nada!” .

Tá, sem mais delongas vou falar do enredo.

Com a chegada de Ronan na escola, as “panelinhas” sumiram, e todos os alunos começaram a se colaborar. Ou seja, Honor e Stacia agora são as melhores amigas de Haven e Miles. Os dois viram os bichinhos de estimação de Ronan, principalmente Heaven que na minha opinião só serve pra ficar com os antagônicos da melhor amiga sem pensar duas vezes.

Damien fica doente, algo que é quase impossivel de acontecer então Ever procura Ava. Lembram-se de Ava? A mediunica do primeiro livro que vê Riley e a convence a seguir em frente? Pois é a mulher está de volta e mais chata do que nunca. Me pergunto se tem algum personagem legal da Alyson Noel. Sim! Bohdi! Ela acaba conhecendo Summerland e fica viciada em ir para lá, e bem, coisas acontecem, não é?

Só queria me desculpar por ser tão impessoal nessa resenha, se é que podemos chamar de resenha, mas eu não consigo me expressar sobre esse livro sem ser dessa forma. Alyson escreve bem, isso eu não posso negar, mas parece que cada personagem vive em seu mundinho, ao mesmo tempo que convivem com o outro, e Heaven é meu principal exemplo. Miles também, mas ele se enquadra do quarto plano da história.

Adorei a parte que Damien conta para Ever suas outras vidas, sério. Foi muito bom ver o jeito com que Alyson escreveu essa parte, que na minha opinião é a melhor do livro.

Não tem porque eu fazer minha lista de recomendo. A da primeira resenha engloba para toda a saga de Os Imortais. Mas eu recomendo não parar de ler a saga. Ela pode até ser chatinha, mas tem partes que te comove, te prende e é bom você não ter mais nada pra fazer porque parar de ler não é uma alternativa.

That’s all.

Resenhas da saga: Para Sempre                                                                                                                                                            

 

Postagens relacionadas:

Resident Evil: The Umbrella Conspiracy chega finalmente ao Brasil!
Já com aquele gostinho da Bienal de São Paulo
Continuação de O Iluminado : Dr. Sleep
Sai data de lançamento de A Casa de Hades
Por trás do Choconatos #3

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Facebook