Diário de um Banana: A Gota D’Água (#3), Jeff Kinney

Literatura Publicado em 08/10/2013 por Glizia
Sem Comentários

Livro: Diário de um Banana: A Gota D’água (#3)

Série: Diário de um banana

Autor: Jeff Kinney

Editora: V&R Editora

Ano:2010

Páginas: 217

Greg não toma jeito mesmo. E a cada dia se envolve em mais confusão. O difícil é fazer seu pai engolir esse “talento” de Greg para se meter em situações embaraçosas. Ele já está por aqui com o garoto. E para botar algum juízo na cabeça dele, Frank Heffley tenta de tudo um pouco.

Alô galera Choconática!

Hoje eu falarei sobre o terceiro diário de Greg Heffley : Diário de Banana : A Gota D’água. Um livrinho que li em poucas horas durante o meu dia, e achei incrível.

O livro começa com Greg contando o quão complicado estava realizar as mudanças que havia prometido na sua lista do Ano Novo. Desde o início desse ano, uma de suas promessas é ser sincero com as pessoas, e dentro de casa ele já começa a perceber que será difícil cumpri-la o ano todo.

Só sei que, quando eu era pequeno, não tinha esse negócio de “levantar da cama”. Fiz isso algumas vezes, mas o papai acabou na hora com a minha alegria. (pág. 17)

Como eu disse na resenha de ” Rodrick é o cara”, esse livro possui um enfoque na relação de Greg com o pai. De como o pai queria que seus filhos fossem menos sedentários ou destrutivos. Mas é claro que tudo acaba com um final feliz ( e cômico).

A cada livro que eu leio desse série, eu dou mais risada, eu acho mais interessante e já começo a perceber que Greg está, de fato, crescendo. O que é legal, pois acompanharia seus antigos fãs e ainda abordaria temas que chamem a atenção de quem é mais novo.

Dessa vez, o pai de Greg quer que ele pratique um esporte, e nas férias ele participou de um treino de natação. Depois foi para um time de futebol. Mas Greg nunca se sentiu a vontade fazendo tais coisas, fazia apenas para deixar o pai feliz.

O que funcionou em algumas vezes, em outras só piorou o pouco contato que os dois possuíam.

Vou repetir: esse livro é curto. Em duas horas conseguimos lê-lo, claro, se você tiver tempo de ficar parado e ler um livro.

E veja esta: papai acha que eu FINGI tudo aquilo para salvá-lo. (pág. 211)

Assisti a um filme em que o personagem principal diz que devemos nos purificar de leituras pesadas, tensas, assim como de nossas ressacas literárias. No filme ele diz para seu amigo ler Crepúsculo, mas quer uma alternativa mais simples e limpa? Leia o diário de Greg.

Diário de um banana é uma série do cartunista Jeff Kinney.

Até a próxima!

Mais resenhas aqui do site: Choconatos

Postagens relacionadas:

Já com aquele gostinho da Bienal de São Paulo
6 Capitulos abertos em Pottermore
Mais uma vez Cores de Outono !
Por trás do Choconatos #2
Luz em Agosto, William Faulkner

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Facebook